15 janeiro 2015

Born In The U.S.A - Bruce Springsteen.


Quando eu comprei o CD mais famoso do Bruce Springsteen, eu não tinha tanta fé que seria bom. Eu conhecia apenas duas ou três músicas em um total de doze, mas depois de você se acostumar com o estilo musical, tudo fica muito bom.

Nunca fui muito fã do Springsteen, mas esse álbum, conseguiu criar uma empatia dentro de mim, pelo cantor. O álbum é o sétimo álbum de estúdio do cantor, lançado em 1984.

A faixa de abertura começa com a música mais famosa do cantor e, também, é a música com o título do álbum: "Born In The USA" é a faixa principal do álbum, toda a atenção é chamada para ela, pois a música nos mostra como vai ser o protótipo do álbum. Apesar de ter algumas variações como a música a seguir, "Cover Me", que é uma modernização do country com o pop dos anos 80, que é inconfundível.

A quarta música do álbum é "Darling County" que começa com aquele sonzinho de guitarra e depois ajunta com a batida ao fundo. Semelhante com algumas músicas do álbum. A música a seguir, quando eu a escutei pela primeira vez não tinha dado muita importância, mas depois de muitas vezes escutando, eu percebi que ela é realmente muito boa, e é por isso que "Working On The Highway" se tornou a minha música preferida do álbum inteirinho. A mesma deixa perceptível o country presente no disco.

"Downbound Train" é neutra, o que podemos dizer para "I'm On Fire", que tem a sonoridade mais lenta e calma. Ao contrário de "No Surrender" é mais agitada do que as suas antecessoras.
"Bobby Jean" é totalmente o que define o melhor do pop dos anos 80, e é uma das minhas preferidas do álbum. É ótima para quando você esta tendo um dia péssimo. Fica a dica para vocês, queridos leitores. "I'm Going Down" tem o começo com uma batida de leve e é assim que a música prossegue, nada de muito especial, também com a mesma semelhança que as anteriores.


Agora sim, senhoras e senhores, chegamos na melhor faixa do álbum. "Glory Days" é uma das minhas músicas preferidas de todos os tempos. Não tem tempo ruim com essa música, não importa se você esta triste ou super feliz (o que ajuda ainda mais). "Glory Days" sempre vai ser aquela música infalível. Trás ainda mais para o álbum o estilo norte-americano que nós podemos perceber que existe em qualquer música. Nesta faixa, Bruce realmente me cativou e ganhou pontos positivos comigo. Amo e sempre amarei.

"Dancing In The Dark" é boa, mas não faz tanto meu estilo, apesar de ser uma música realmente boa (tenho que concordar), não me agradou tanto quanto eu gostaria.
A última música do álbum chamada "My Hometown" é uma música lenta, que fecha totalmente o disco de forma própria sem perder a essência que ele trazia desde o começo.


Não é por acaso que o álbum é um dos melhores e o de maior sucesso do cantor. Tem todo o estilo norte-americano, como eu disse anteriormente, que é uma marca registrada de Bruce (Wayne). E eu não sei vocês, mas é uma sensação muito boa poder escutar e trazer a tona aquele sentimento de nostalgia, mesmo não vivenciando aquela época que foi o auge da música. O álbum não perdeu a essência em nenhuma das músicas, com letras bem construídas sempre relacionadas uma com as outras. Eu recomendo o álbum, mesmo tendo algumas falhas, que no meu ponto de vista foram poucas. Minha nota é 3/5. Espero que tenham gostado. Um beijo para Bruce Springsteen e para vocês, também.


26 comentários:

Giovanna Dieguez disse...

Não faz muito meu estilo de música/cantor, mas achei bem bacana a sua resenha!

Beijos,
www.destemidagarota.com

Fernanda Moraes disse...

Olá!
Não conheço absolutamente nada desse cantor, nem faz meu estilo de música, mas achei a resenha muito legal. Nunca tinha lido a resenha de um álbum, achei bem detalhado, parabéns!

Beijos, Fer.
http://viciosemtres.blogspot.com.br/

Thales Soares disse...

Seu blog é demais!!! Eu visitei aqui umas 3 vezes e todas eu me apaixono pelas músicas que você indica.

http://criativare-leitura.blogspot.com.br/

karoline duarte disse...

eu nao conheço nenhuma música dele :((
que péssimo pra mim. minha mãe q conhece hahahah
mas adorei essa resenha e o preview do album

bjsss
http://gipsyyy.blogspot.com.br/

Ítalo Leonardo disse...

Um post e cara, favoritei, favoritei, favoritei! Adorei essa linha de posts. Apesar de não conhecer o cantor, vou dar uma conferida aqui...

Beijos
http://garotodelinhas.blogspot.com

Vestindo Ideias disse...

Eu ainda não conhecia ele, mas curti bastante até!

www.vestindoideias.com

Renata Saraiva disse...

Adoro música assim, da uma vontade de dançar, inspira a gente!

Tem post novo no blog!
~>My Favorite Kiss♥

Guilherme Dias disse...

Olá!!
Eu não conhecia esse cantor, mas gosto desse gênero musical ^^
Já estou ouvindo algumas músicas dele no youtube haha e devo dizer que estou gostando^^
Abraços!!
http://enjoythelittllethingss.blogspot.com.br/

Pedro Santtos disse...

Gostei do post o assunto é bem legal
Abraços

http://www.umcontoliterario.com/ml

Cáah disse...

Ok, nunca ouvi falar do Bruce nem nada YYGYUSA
PORRA, LÓGICO QUE JÁ OUVI BORN IN THE USA
fiquei boiando o post intiero, e só depois encontrei o player YGASYUAGAUYG
É bem country mesmo, e realmente, dá uma sensação de EUA.
Glory Days tem realmente uma vibe MUIITO boa!
- um monte de estrelas

Gyovanna Almeida disse...

Nunca tinha ouvido falar dele '-'
Mas adorei a sua resenha, não gostei da música do play mas vou procurar outras pra ouvir porque amo conhecer músicas novas <3
Amo posts assim *-*

Beijos ~
c-ontagiousblog.blogspot.com

Sil disse...

Acho super legal essas resenhas de álbuns musicais. Ainda não tinha visto em nenhum blog. Infelizmente não sou muito ligada em musica, por isso não conhecia.

Blog Prefácio

Fabiana Teles disse...

Amei a resenha. Gosto muito das suas resenhas <3
http://pensamentosdefabs.blogspot.com.br/

Thaiane e Thalita disse...

Não conhecíamos o cantor, mas gostamos da resenha!!

beijos

http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

Augusta Saraiva disse...

Conheci o som do Bruce porque meu professor do inglês é muito fã dele, então costumava levar músicas para a aula. Desse álbum gosto muito de Dancing In The Dark (não sei porque você não curtiu!). Uma dica: ouça Mom, do novo álbum, é linda... até fiz um post sobre ela no blog!

Beijão, www.opinada.com

Renato Almeida disse...

Não conhecia o cd e nenhuma música, gostei muito. Vou ouvir mais.
http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

Erika Gm disse...

Super gostei da sua resenha flor,ainda não conhecia nenhuma música,mas o estilo musical me chamou bastante atenção.
Beijos
http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

Carolina Xavier disse...

Não conhecia esse cantor, fui ouvir as musicas mas não fez muito meu estilo beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

Carla disse...

Não conhecia, não faz muito meu estilo, mas gostei <3
Beijos,
cabanadosanjos.blogspot.com

Tony Lucas disse...

Oi, Juliana! Não conhecia esse disco do Bruce (na verdade eu não costumo ouvir muito as músicas dele), mas irei ouvir as músicas dele depois! Ótima resenha! :)

Abraço

http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

Gabriela Freitas disse...

To ouvindo e to gostando bastante. Adorei tua resenha, nunca li nenhuma tão bem feita que falasse de música.

http://www.novaperspectiva.com/

Gabriela Gomes disse...

Eu não conhecia, bem legal até! Adorei o post, ficou ótimo.
www.espacegirl.com

Luísa disse...

Já conhecia o trabalho dele, mas a resenha ficou ótima.
Beijos,
Luísa.
www.dai-sies.blogspot.com

Vanessa disse...

Oi, oi.
Então, eu não gosto muito desse álbum, acho que você já sabe. Mas adorei o post falando sobre o livro, muito bom :)

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing
http://thisadorablething.blogspot.com.br/

Newsdayoff disse...

Dá pra acreditar que não conhecia ele? Mas já vou dar o play aqui srsrs.

http://newsdayoff.blogspot.com.br/

Isabela disse...

Eu já conhecia uma ou duas músicas dele e ouvi algumas desse álbum e amei. Tem mesmo aquele estilo norte-americano!

queissobela.blogspot.com